Fotografia: Os olhos da natureza (The eyes of nature)

Natureza 12 (2)

Natureza 14 (2)

Natureza 6 (3)

Fotos: Chronosfer. O olhar se debruça nos olhos da natureza. O verde esmaecido pela névoa que chega e parte logo depois. Os canyons, as trilhas, o plano suave onde também crescem flores, plantas e árvores nos contemplam. Acolhem. muitas vezes pedem socorro. Somos nós a natureza e ainda não sabemos.

( Ontem, em Porto Alegre show de Al Di Meola. Estive presente. Hipnotizado. Talento, sensibilidade, virtuose. A natureza da música vibra com seu violão. Não fiz registro algum. Apenas escutei. Contemplei a vida que dentro de mim é pura natureza. Noite inesquecível.)

The gaze bends in the eyes of nature. The green dimmed by the coming mist and leaves soon after. The canyons, the trails, the soft plane where flowers, plants and trees grow, also contemplate us. Welcome. often ask for help. We are nature and we still do not know.

(Yesterday in Porto Alegre show of Al Di Meola I was present Hypnotized Talent, sensibility, virtuosity The nature of music vibrates with your guitar I did not record anything I just listened I contemplated the life that inside me is pure nature . Unforgettable night.)

Anúncios

15 comentários sobre “Fotografia: Os olhos da natureza (The eyes of nature)

    1. oi, Jen. ficam em Cambará do Sul, com seus canyons Fortaleza e Itaimbezinho, os mais conhecidos, mais adiante de Gramado, em uma região chamada Campos de Cima da Serra. lugar maravilhoso. Al Di Meola é simplesmente um mago do violão. deixei de lado a vontade fotografar ou gravar algo, dei-me de presente ser ontem e vivi com toda intensidade. você tem razão, inspiram nesta manhã de 7º – agora mais quente – mas com o café quente escutando as canções do disco All Your Life, tudo se renova. um beijo e um abraço, Jen.

      Curtido por 1 pessoa

      1. Legal Chronos! Conheço o lugar, só que de baixo….É que a quatro anos atras, fui fazer uma trilha nesse lugar por dentro dos cânions, foi uma trilha de 6 horas, lugar fora de serie, vendo de cima fiquei na duvida, se era lá mesmo, pois ainda não vi os cânions na parte de cima. Guardo algumas pedras que trouxe de lá, lugar magico, junção de antigos continentes, adorei revive-lo no seu olhar. Enquanto a AL Di Meola, não conheço, mas, agora vou procurar conhecer.

        Que o café esquente, que a musica continue a inspirar…vou tomar o meu café ouvindo o mago do violão que sugeriu…Gosto de magos e de alquimistas, gosto dos que transformam frio em calor, tedio em inspiração, silencio em melodias….Ótimo dia!

        Curtir

  1. Entre as paisagens e a música… “que venha o diabo e escolha”, como diz o provérbio!.
    Ambos foram certamente momentos muito especiais.

    Entretanto… desejo um bom e não muito frio fim-de- semana!
    Por aqui, em Lisboa, esperamos hoje 42 graus! Apenas insuportável…

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s