Fotografia: Luz (Light)

IMG_E1712

Leonardo tem 11 anos. Vive em uma pequena cidade serra do Rio Grande do Sul, Antônio Prado. Com ele, em uma pequena casa, seus pais e dois irmãos. Vivem dos programas sociais do governo. Até poucos dias atrás, Leonardo tinha uma única preocupação: vender as latinhas de refrigerante que juntou ao longo de uma semana e vende-las. Arrecadou R$ 21,45. Doou para o hospital de sua cidade. Para ajudar a combater o coronavírus. Nos meus distantes 11 anos minha preocupação era estudar e jogar futebol. Em 2020, os 11 anos de Leonardo reservam espaço para ajudar a salvar vidas. Ele é uma luz em meio aos caos. Como não alimentar a esperança?

Leonardo, 11 years old. He lives in a small mountain town of Rio Grande do Sul, Antônio Prado. With him, in a small house, his parents and two brothers. They live off government social programs. Until a few days ago, Leonardo had only one concern: selling the soda cans he put together over the course of a week and selling them. Raised 4 US$. He donated it to his town hospital. To help fight coronavirus. In my distant 11 years my concern was to study and play football. In 2020, Leonardo’s 11 years reserve space to help save lives. He’s a light in the midst of chaos. How can we not feed hope?

Leonardo tiene 11 años. Vive en una pequeña ciudad de montaña de Rio Grande do Sul, Antonio Prado. Con él, en una pequeña casa, sus padres y dos hermanos. Viven de los programas sociales del gobierno. Hasta hace unos días, Leonardo sólo tenía una preocupación: vender las latas de refresco que armó en el transcurso de una semana y venderlas. Recaudado 4 US$. Lo donó a su hospital de la ciudad. Para ayudar a combatir el coronavirus. En mis lejanos 11 años mi preocupación era estudiar y jugar al fútbol. En 2020, los 11 años de Leonardo reservan espacio para ayudar a salvar vidas. Es una luz en medio del caos. ¿Cómo no alimentar a la esperanza?

Foto: Chronosfer.

55 comentários em “Fotografia: Luz (Light)

      1. Em contrapartida os ricos, os poderosos, em plena pandemia, demitem milhões de trabalhadores, ou propõem redução salarial, amparados pelos governos de plantão.
        Como disse alguém, o capitalismo roubou nosso passado e presente, e insiste em nos roubar o futuro…
        Ah, os pobres… que tomem a História pela mão!

        Curtido por 1 pessoa

      2. bem isso, Léo. na janela do confinamento olho todos os dias a solidariedade entre os despossuídos e o descaso dos que passam por eles. ainda acredito e tenho esperança que atitudes como a do Leonardo sejam guia para o que vem pela frente. abraço carinhoso e por favor, cuide-se bem.

        Curtido por 1 pessoa

  1. Una luz en éste túnel que espero y deseo terminé pronto.
    Una esperanza de que el futuro puede ser favorable para el ser humano.
    Un ejemplo para todos
    Muchas gracias y un saludo
    Cuidaros mucho
    @Yomequedoencasa

    Curtir

  2. A história do Leandro de fato, mostra tamanha riqueza, sensibilidade, dentre outras formas de reconhecer o que esse menino fez. São histórias como essa que, faz-nos acreditar na esperança como resposta ao dia de amanhã. Ninguém vencerá o mundo pelo acúmulo de riqueza, mas pela nobreza dos sentimentos. Sensibilidade e amor, são dois exemplos deles

    Curtir

  3. Não posso deixar de comentar, por mais que tenha evitado o tema, mas tenho refletido muito (todos nós), leio pessoas dizendo de mudanças de comportamento… eu penso! E temporário… depois todos voltam a pensar do mesmo modo, a única diferença é que os egoístas e desumanos continuaram assim e os solidários, este sim, serão mais solidários, pois é da sua natureza. Um abraço fraterno e seguimos na fé!

    Curtir

    1. Acredito, Geraldo, que sairemos melhores por uma única razão: os solidários serão mais solidários. O mais aqui é nos dois sentidos. Da minha janela tenho testemunhado muito da solidariedade entre os despossuídos que antes não mantinham relação alguma de fraternidade e agora estão juntos. E tantos outros que apenas passam, quem sabe os de sempre, mas há algo que nos faz mais que pensar, nos faz sentir. É o sentir que fará a diferença. Grande abraço, meu amigo, cuide-se bem e seguimos firmes na fé. Sempre.

      Curtido por 1 pessoa

  4. Nossa, Fernando… Em meio a tantos Trumps e Bolsonaros e outros…. Leonardo nos revela (até para quem não acredita) a verdadeira essência divina- a Luz… Que nos faz acreditar na essência da humanidade… Abraço fraterno, meu caro.

    Curtir

  5. Luz

    Es un reflejo o una fuente inagotable
    de amor y de ahí su incandescencia,
    nos guía en tiempos difíciles,
    nos cobija a la hora de los sueños.
    Por ende nos levanta de la silla
    y nos enseña qué es la vida.
    En las sombras encuentra
    oportunidades para llorar,
    aún así brilla más e ilumina
    rostros alejados de su luz.

    Puede ser un niño o una Greta
    envuelta en luz de esperanza
    y esa potencia no tiene color base
    solo la radiante dicha
    de dar hasta cuando todo acabe.
    Ya habrá sueños de niños
    en la perspectiva de su edad
    pero tanto él como nosotros
    hemos aprendido realmente
    lo que hace la verdadera luz
    en nuestra vidas.

    Curtir

  6. Perturbador pensar que uma criança tem mais responsabilidade que um Adulto.
    Sim, há esperança, mas há também certo desânimo porque essa criança deveria ter outras preocupações, como você e eu, que aos 11 anos nos ocupávamos de nossos mundos.

    bacio

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s