Fotografia: Colagem da natureza (Nature collage)

Em frente a minha janela mora um pinheiro. Acompanho-o dia após dia, em todas as estações. Desde o seu verde espetado até a ferrugem no inverno, as pinhas despencando perto do Natal e ser um ponto obrigatório de parada para os pássaros. Ele tem a companhia de outro pinheiro, mais a esquerda, e juntos se completam em seus galhos muitas vezes entrelaçados. Em algum dia perdido no meu calendário, olhei para um movimento diferente bem na direção dos meus olhos. O sol já havia anunciado que seria mais quente que os outros dias, e se fez o contraluz. A dança que testemunhava era de uma borboleta. Depois do registro, o que ficou é a imagem do post. Parece uma montagem, quase uma colagem talvez, mas contraste que permanece fustiga o imaginário a voar para além da imagem e dos pensamentos.


In front of my window lives a pine tree. I accompany you day after day, in all seasons. From its spiky green to rust in winter, the pine cones plummeting near Christmas and be a must-stop for birds. He has the company of another pine tree, more to the left, and together they complete themselves in its branches often intertwined. At some time lost in my calendar, I looked at a different movement right in the direction of my eyes. The sun had already announced that it would be hotter than the other days, and the backlight was made. The dance i witnessed was a butterfly. After registration, what remained is the image of the post. It looks like an assembly, almost a collage perhaps, but contrast that remains squeathes the imaginary to fly beyond the image and thoughts.


Frente a mi ventana vive un pino. Te acompaño día tras día, en todas las estaciones. Desde su verde espigado hasta el óxido en invierno, los conos de pino se desploman cerca de Navidad y son imprescindibles para las aves. Él tiene la compañía de otro pino, más a la izquierda, y juntos se completan en sus ramas a menudo entrelazadas. En algún momento perdido en mi calendario, miré un movimiento diferente en la dirección de mis ojos. El sol ya había anunciado que sería más caliente que los otros días, y la luz de fondo se hizo. El baile que presencié fue una mariposa. Después del registro, lo que quedó es la imagen del post. Parece un ensamblaje, casi un collage tal vez, pero el contraste que permanece chirria el imaginario para volar más allá de la imagen y los pensamientos.









Foto: Chronosfer.

Fotografia: Muito breve (Very brief)

No silêncio,

a sombra é lua no papel amarelado

toco suas rugas com a ponta dos dedos

pele, sal, terra

sou labirinto dentro da palavra

In silence,

the shadow is moon on yellowish paper

touch your wrinkles with your fingertips

skin, salt, earth

i’m maze within the word

En silencio,

la sombra es la luna en papel amarillento

tocar sus arrugas con las yemas de los dedos

piel, sal, tierra

Soy laberinto dentro de la palabra

Foto: Chronosfer.

Fotografia: Calendário (Calendar)

Hoje, viro mais uma página do meu calendário. Ele é como as nuvens, passa rápido, deixa cores, água, acinzenta os olhos, traz a paz do branco, revela o azul do infinito mais próximo. Hoje, a folha é para vocês, que me acompanham e oferecem energia e esperança todos os dias para que as folhas que ainda sobram continuem a ser viradas a cada ano. Muito obrigado.

Today, I’m going to turn another page out of my calendar. He’s like the clouds, passes fast, leaves colors, water, grays the eyes, brings the peace of white, reveals the blue of the nearest infinity. Today, the leaf is for you, who accompany me and offer energy and hope every day so that the leaves that is still left will continue to be turned every year. Thank you so much.

Hoy, voy a pasar otra página de mi calendario. Es como las nubes, pasa rápido, deja colores, agua, grisiza los ojos, trae la paz del blanco, revela el azul del infinito más cercano. Hoy, la hoja es para vosotros, que me acompañan y me ofrecen energía y esperanza todos los días para que el foliam que queda siga girando cada año. Hoy, la hoja es para vosotros, que me acompañan y me ofrecen energía y esperanza todos los días para que el hojas que queda siga girando cada año. Muchas gracias.

Fotos: Chronosfer.

Fotografia: Transformação (Transformation)

A passagem do tempo aproximou a linha do horizonte dos meus olhos.

The passage of time brought the horizon line closer to my eyes.

El paso del tiempo acercó la línea del horizonte a mis ojos.

Fotos: Chronosfer. Peço desculpas pela longa ausência e por não responder aos comentários e também me desculpo com os que me deixaram de seguir pela minha falta de atenção. Os exames de controle e consultas começaram em janeiro e terminaram em 02 de março. Os resultados foram negativos para câncer. Aos poucos retorno. Agradeço a todos pela paciência e força permanentes. Vocês não imaginam o quanto me fortalecem. O meu abraço e afeto.

I apologize for the long absence and for not responding to the comments and I also apologize to those who stopped me from following for my lack of attention. The control exams and consultations began in January and ended on March 2. The results were negative for cancer. Gradually return. I thank you all for your permanent patience and strength. You have no idea how much you strengthen me. My hug and affection.

Me disculpo por la larga ausencia y por no responder a los comentarios y también pido disculpas a aquellos que me impidieron seguir mi falta de atención. Los exámenes de control y consultas comenzaron en enero y terminaron el 2 de marzo. Los resultados fueron negativos para el cáncer. Poco a poco regresa. Les agradezco a todos por su paciencia y fuerza permanentes. No tienes idea de cuánto me fortaleces. Mi abrazo y afecto.