Fotografia: Liberdade ou exílio… (Freedom or exile…)

Para viver tantas vidas, precisei me libertar (ou me exilar) dentro dos livros.

To live so many lives, I had to free myself (or exile myself) into the books.

Para vivir tantas vidas, tuve que liberarme (o exiliarme) en los libros.

Foto: Chronosfer. Personagem de rua, Buenos Aires.

14 comentários em “Fotografia: Liberdade ou exílio… (Freedom or exile…)

  1. Meu caro amicíssimo Fernandíssimo Rozaníssimo de Poá… em verdade vos digo que esta é uma das frases mais lindas que já li aqui no seu blog. Eu diria que a leitura é um auto-exílio onde temos a liberdade de viver outras vidas e automaticamente mudamos nossas vidas nesta imersão… Já, o metido do Albert Einstein iria dizer que “A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original”. Quem sou eu para discutir com o Compadre Einstein, né? A trilha sonora é um orgasmo a parte… 100 comentários! Maravilha! Que seus dias sejam plenos, abençoados e produtivos meu querido… um forte abraço!

    Curtir

    1. Ernestíissimo Sandrísico das lagoas que são sete por enquanto, pois é, não é possível contrariar o “cumpadi”, acho que ele relativiza muito mas vá lá que seja…agora, a frase, ah! a frase …é a ideia de um texto de ficção que estou tentando escrever. Olha só no que está dando ler tanto…e ainda descobri a figura da fotografia, personagem da vida real nas ruas. Ainda chego lá ….um grande abraço carinhoso sempre meu querido amigo e irmão das Geraes.

      Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s