Fotografia: Solitários (Lonely)

Nem sempre, quando o sol amadurece a vegetação dos lagos, a solidão dos barcos é dor. No coração dos cascos habita a lâmina das galáxias das águas que nos liberta.

Not always, when the sun ripens the vegetation of the lakes, the loneliness of the boats is pain. In the heart of the hulls dwells the blade of the galaxies of the waters that set us free.

No siempre, cuando el sol madura la vegetación de los lagos, la soledad de los barcos es dolor. En el corazón de los cascos habita la cuchilla de las galaxias de las aguas que nos liberan.

Foto: Chronosfer. Lago Todos los Santos, Peulla, Chile.

Publicidade

15 comentários em “Fotografia: Solitários (Lonely)

      1. O Bom fica bom…
        “Liberado para viajar”? bacano. A melhor notizia do dia. Sorte com as eleições…
        Tou bem, obrigado. (Saõ as aguas de outubro feichando Veraõ…) Rainy season doesn’t seem to end. 😉
        Um abraço grande…

        Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s