Fotografia: Escolhas (Choices)

img_0624-3 (2)

A vida é vivida por escolhas. Viver é escolher ou escolher é viver? A escada e a parede são apenas olhares silenciosos antes de a escolha ser tornar realidade.

Life is lived by choices. Living is choosing or choosing is to live? The ladder and the wall are just quiet looks before the choice is to become reality.

Foto: Chronosfer.

Fotografia: Sombra, movimento sem reflexo (Shadow, motion without reflection)

Bue

A sombra e a luz andam juntas. Cumplices dos movimentos, revelam muito. Não precisam dos reflexos nem do movimento do tempo sobre ela. Apenas um facho de luz e a forma acompanha o seu original. A sombra não é o lado sombrio da vida. É apenas um descanso para os olhos e a projeção de todo um momento em vivo p&b.

The Shadow and the Light walk together. Complicit of the movements, they reveal much. They don’t need the reflexes or the movement of time on it. Only a light beam and the shape accompanies its original. The shadow is not the dark side of life. It’s just a rest for the eyes and the projection of a whole moment in live b&w.

Foto: Chronosfer.

Fotografia: Em teus olhos (In your eyes)

IMG_0018[1]

Em teus olhos repousa o horizonte. Acende a luz do imaginário. Atravessa os sonhos. Em teus olhos a vida vive a travessia dos dias. Em teus olhos amanhece o novo. Em teus olhos explode a galáxia e suas estrelas, iluminando nossos passos. Em teus olhos o amanhã existe.

In your eyes lies the horizon. Light the imagination. It crosses the dreams. In Your eyes life lives the crossing of days. In your eyes dawdens the new. In your eyes it explodes the galaxy and its stars, illuminating our footsteps. In your eyes there is tomorrow.

 

Fotografia: Duas luas (Two moons)

IMG_1516 (2)

A perspectiva às vezes engana. o olhar é (a)traído pelo imaginário. O horizonte se aproxima veloz diante dos olhos. A lua, silenciosa, testemunha todos os movimentos. Aqui, tudo o que está à frente são apenas dois bojos de luz e alguns galhos de árvore cortando sua visão. Duas luas em meu imaginário e na lente da câmera.

The prospect sometimes cheats. The look is (a) betrayed by the imaginary. The horizon is approaching fast before the eyes. The moon, silent, witnesses all movements. Here, all that’s ahead are just two light bra cups and some tree twigs cutting through your eyesight. Two moons in my imaginary and camera lens.

Foto: Chronosfer.

Fotografia: Natureza: janela aberta. Sempre (Nature: open window. Always)

IMG_1708 (2)

IMG_1707 (2)

As estações revelam seus segredos. O tempo, muitas vezes cúmplice afetivo, também. E as folhas do outono abrem suas janelas. Sempre há uma entrada e saída. Basta viver a natureza em toda a sua natureza.

The seasons reveal their secrets. The time, often affective accomplice, too. And the autumn leaves open their windows. There’s always an entrance and exit. Just live nature in all its nature.

Fotos: Chronosfer.

Fotografia: Noite de temporal (Temporal night)

IMG_1456 (2)

Noites assim unem minhas mãos. As poucas luzes da rua esmaecem em meus olhos. Acendem aos poucos com o calor das mãos unidas. Noites assim trazem a dor dos despossuídos por nós mesmos. Noites assim escondem sob as águas frias a fome que negam existir. Noites assim somos todos iguais. As minhas mãos jamais largarão as tuas.

Nights like this unite my hands. The few street lights fade in my eyes. They light up gradually with the warmth of their hands together. Nights like this bring the pain of the dispossessed by ourselves. Nights like this hide beneath the cold waters The hunger they deny exists. Nights like this we’re all alike. My hands will never let go of yours.

Foto: Chronosfer.

Fotografia: Afluentes (Affluents)

Afluentes

A folha de outono da árvore acolhe quase invisíveis nervuras. Contrastam com o colorido que mais adiante cederá lugar ao cinza do inverno. Enquanto estiver viva em nossos olhos, se prepara para o mar do silêncio até a primavera. Tempo de encontros no lado de dentro de nossas vidas e sentimentos.

The autumn leaf of the tree welcomes almost invisible ribbed. Contrast with the coloured that will later give way to the winter gray. As long as he is alive in our eyes, he prepares for the sea of silence until spring. Time dating on the inside of our lives and feelings.

Foto: Chronosfer.

Fotografia: Olhar inclinado (Inclined look)

IMG_1688 (2)

Movimento. Dos olhos. Das palmeiras. Do prédio. Das vidas dentro do prédio. Os dias são assim. Às vezes, inclinados, para seguirem à frente. Outros, comuns como um calendário marcado dia a dia. Como testemunha viva, o céu azul infinito.

Movement. The eyes. Palm trees. From the building. From the lives inside the building. The days are like that. Sometimes inclined, to follow ahead. Others, common as a calendar marked day by day. As a living witness, the infinite blue sky.

Foto: Chronosfer. Feita de celular. Made of cell phone.

Fotografia: Segredos do imaginário (Secrets of the imaginary)

Secret

Uma porta fechada esconde muito ou revela mais ainda. Uma porta com fragmento mostra tanto quanto uma porta fechada. O vinho, a bicicleta, a tranca solta…o tempo passou por ali e deixou recados. Nossos olhos instigam o imaginário. O imaginário – por que não? – instiga os olhos. A vida sendo vivida. Através de uma porta do tempo.

A closed door hides a lot or reveals even more. A door with a fragment shows as much as a closed door. The wine, the bike, the loose lock… Time went by and left messages. Our eyes instigate the imaginary. The imaginary-why not? -Instigates the eyes. Life being lived. Through a time door.

 

Foto: Chronosfer.