Fotografia: Luz (Light)

IMG_E1712

Leonardo tem 11 anos. Vive em uma pequena cidade serra do Rio Grande do Sul, Antônio Prado. Com ele, em uma pequena casa, seus pais e dois irmãos. Vivem dos programas sociais do governo. Até poucos dias atrás, Leonardo tinha uma única preocupação: vender as latinhas de refrigerante que juntou ao longo de uma semana e vende-las. Arrecadou R$ 21,45. Doou para o hospital de sua cidade. Para ajudar a combater o coronavírus. Nos meus distantes 11 anos minha preocupação era estudar e jogar futebol. Em 2020, os 11 anos de Leonardo reservam espaço para ajudar a salvar vidas. Ele é uma luz em meio aos caos. Como não alimentar a esperança?

Leonardo, 11 years old. He lives in a small mountain town of Rio Grande do Sul, Antônio Prado. With him, in a small house, his parents and two brothers. They live off government social programs. Until a few days ago, Leonardo had only one concern: selling the soda cans he put together over the course of a week and selling them. Raised 4 US$. He donated it to his town hospital. To help fight coronavirus. In my distant 11 years my concern was to study and play football. In 2020, Leonardo’s 11 years reserve space to help save lives. He’s a light in the midst of chaos. How can we not feed hope?

Leonardo tiene 11 años. Vive en una pequeña ciudad de montaña de Rio Grande do Sul, Antonio Prado. Con él, en una pequeña casa, sus padres y dos hermanos. Viven de los programas sociales del gobierno. Hasta hace unos días, Leonardo sólo tenía una preocupación: vender las latas de refresco que armó en el transcurso de una semana y venderlas. Recaudado 4 US$. Lo donó a su hospital de la ciudad. Para ayudar a combatir el coronavirus. En mis lejanos 11 años mi preocupación era estudiar y jugar al fútbol. En 2020, los 11 años de Leonardo reservan espacio para ayudar a salvar vidas. Es una luz en medio del caos. ¿Cómo no alimentar a la esperanza?

Foto: Chronosfer.