Fotografia: Almas voadoras (Flying souls)

IMG_4853 (2)

IMG_4854 (2)

IMG_4856 (2)

Para os que voam por dentro e por fora da vida e em seus voos levam e trazem a vida hoje e amanhã porque são mensageiros de nós mesmos. Almas que voam.

For those who fly inside and out of life and on their flights they take and bring life today and tomorrow because they are messengers of ourselves. Flying souls.

Fotos: Chronosfer.

19 comentários sobre “Fotografia: Almas voadoras (Flying souls)

    1. thank you so much, coming from you is a gift. I follow your work whose sensitivity and talent are learning guides for me. I’m happy with you here and in “dive” into your photographs. (I apologize for the delay, I’m still in the process of adapting to everything new I’m living and trying to resume life normally.)

      Curtido por 1 pessoa

    1. ainda não. essas últimas fotos que tenho postado ou são de quando vou a alguma consulta e dos dias que fiquei em Gramado descansando da cidade grande. ainda não peguei a máquina para somente fotografar. vai levar algum tempo, preciso estar melhor fisicamente, mais seguro. estou muito bem, mais forte, mais confiante e assim vou caminhando. muito obrigado sempre, pelo apoio, por tudo, importantes para mim.

      Curtido por 1 pessoa

    1. os pássaros, em especial no período em que soube do câncer, preparação para cirurgia e recuperação (ainda continua) foram decisivos. com seu jeito livre e sua persistência em construir ninhos por mais adversa que poderia estar o clima. eles são fonte de vida. e me ensinaram (ensinam) muito. um grande abraço, Bia e feliz dia.

      Curtido por 1 pessoa

    1. Hoje em dia é difícil encontrar algumas espécies de pássaros em centros urbanos. O pica-pau é uma delas. Tive sorte e aí estão. Imagino na tua Finlândia o quanto a natureza é bela, rica e sensível. Quem sabe um dia, quando minha vida voltar ao normal, possa conhecê-la. Um grande abraço e muito obrigado.

      Curtido por 1 pessoa

  1. Fiquei pensando se era um pica-pau e vim aos comentários confirmar… Tinha certeza que encontraria cá a resposta…
    Só vi um, uma unica vez na vida, quando tunha 6 anos, e estava à janela da casa de minha avó, com ela, em São Roque, São Paulo. Eles tinham uma pequena chácara… Uma imagem que ficou gravada, como muitas outras desse lugar… Desse tempo…

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s