Fotografia: Saudade do outono do lado de fora (I miss autumn outside)

45186-2

dia-a-dia-13

Dias vividos para dentro sentem falta do lado de fora. As cores da natureza amadurecem a cada dia, preparando-se para o inverno, quando então irão se recolher. Aqui, dentro de mim, dentro do confinamento, os olhos não encontram esse movimento natural. O vazio das ruas tornam mais visíveis os prédios e suas janelas e outros olhos. Na saudade do outono e de sua transição para outra estação há outros encontros: o de dentro e o de outros olhos. Neles e com eles, a vida se reinventa e o outono renasce a cada dia. A natureza não pode esperar.

Days lived inside miss the outside. The colors of nature ripen every day, preparing for winter, when they will then retire. Here, inside me, inside the confinement, the eyes do not find this natural movement. The emptiness of the streets make more visible the buildings and their windows and other eyes. In the longing of autumn and its transition to another season there are other encounters: the inside and the other eyes. In them and with them, life reinvents itself and autumn is reborn every day. Nature can’t wait.

Los días vividos dentro extrañan el exterior. Los colores de la naturaleza maduran todos los días, preparándose para el invierno, cuando luego se retirarán. Aquí, dentro de mí, dentro del confinamiento, los ojos no encuentran este movimiento natural. El vacío de las calles hace más visibles los edificios y sus ventanas y otros ojos. En el anhelo del otoño y su transición a otra temporada hay otros encuentros: el interior y los otros ojos. En ellos y con ellos, la vida se reinventa y el otoño renace cada día. La naturaleza no puede esperar.

Fotos: Chronosfer. Outono, pelos caminhos da vida.

37 comentários em “Fotografia: Saudade do outono do lado de fora (I miss autumn outside)

  1. A vida confina-se dentro de si mesma, reservando energias para o inverno que se adivinha,
    voam desordenadas a folhas sem história, esquecidos os que tombam, e a vida, a vida tem fome…
    confina-se e reconfigura-se sem um abraço, sem o calor humano, e vende banha da cobra
    como milagre anunciado da desgraça…
    uma certeza, uma mera certeza, a primavera chegara no tempo que deve chegar
    indiferente aos que estão, aos que tombam, aos que esfomeados gritam…
    “A natureza não pode esperar.” mas os homens, os homens que não partilham, que não dão, que não cuidam do seu próximo, e os que escondem conhecimento esses, o tempo os condenará…

    Curtido por 4 pessoas

    1. a tua poesia, as tuas palavras, Alberto, sempre encontram no lado de fora toda a intensidade do teu interior, sensível e muito rico e lúcido. tua presença faz este Chronos ficar feliz e maior. muito obrigado, meu amigo. cuide-se bem, por favor, você é muito importante para nós. o meu abraço.

      Curtido por 2 pessoas

  2. Pero el vacio interior es un vacio distinto al de las calles.Está lleno de experiencias,la viz poderosa del recuerdo y una luz que,si lo deseamos con fuerza,no se apaga nunca del todo: nuestra esencia y la esperanza. Cuídate mucho.Un fuerte abrazo con colores de otoño

    Curtido por 3 pessoas

    1. é verdade, e sabe, gosto do movimento, da transição entre o que se passa nas ruas e dentro de mim, por exemplo, do que posso olhar, sentir e ao mesmo tempo perceber que do outro lado da rua tem alguém na janela lançando olhar para o mesmo movimento da rua. o que estará sentindo? continuo firme, em essência, esperança e persistência. e você, minha querida amiga, cuide-se muito também e acolha o meu fraterno abraço com uma ponta de saudade das cores do outono que me envias.

      Curtido por 2 pessoas

  3. Me encantó esta metáfora “El vacío de las calles hace más visibles los edificios y sus ventanas y otros ojos.” Bueno, en realidad me gustó todo.
    Bellas fotografías y ese vídeo…
    Saludos.

    Curtido por 4 pessoas

    1. oi, Dulce. pois é, da janela a vida também ganha outras dimensões e podemos senti-la através do outros olhos, dos muitos vazios que a preenchem ao longo dos dias, …. tudo em movimento! muito obrigado sempre e creio agora já ser tarde adianta em Portugal, então feliz continuidade do domingo. o meu abraço.

      Curtido por 2 pessoas

  4. E que bom que temos a oportunidade de viver esse encontro com nossas almas e em busca da paz.
    Muitos corações que deixaram de bater também seguiram o curso de suas histórias divinas e oraremos por eles e por todos nós.
    Que esse momento seja o deflagrador das mudanças que despertam o melhor de cada um e da potência coletiva.
    Um abraço carinhoso pra ti, Fernando.
    Se proteja e cuide dos seus.
    🙏🏼🙏🏼🙏🏼

    Curtido por 3 pessoas

    1. Assino junto, Elaine. Tenho pensado muito sobre e ainda tenho dúvidas de avançaremos como sociedade, como seres humanos. Os mesmos de sempre sim mostram ainda mais humanismo e solidariedade, mas há os que estão se aproveitando ao extremo nossa tragédia tanto em nível político como econômico. Mas, vamos fazer um grande esforço para sermos melhores. Um beijo pra ti e cuide-se muito e dos teus a todo instante.

      Curtido por 2 pessoas

      1. We are locked up. For 2 months now. Apparently the official figures here are false by a factor 4. That would put us around 30,000 deaths. If it’s the same in Brazil you’d be around 100,000? Why do politicians lie everywhere?
        Um forte abraço

        Curtido por 1 pessoa

      2. Good question, Brian. here we are very contaminated and with many deaths, perhaps close to or even more than the amount you wrote. finally, politicians do not survive without a lie, we must be selective about them because there are many good ones among them. We’re going to win, Brian. Always take care of yourself. abraço fraterno.

        Curtido por 2 pessoas

  5. Entre tanto que dizem por aí, a economia, o trabalho, o comércio, até as aulas podem esperar… A natureza é movimento que na espera não pode esperar, não deve esperar, pois ela flui constantemente e impulsionar a vida que jamais vai esperar…

    Curtido por 1 pessoa

  6. El otoño tiene algo de primavera. Mirar hacia dentro también enciende la luz. Somos porque fuimos y el vacío se siente cuando se estuvo completo. La música me lleva como esa hoja en el viento .. precioso viaje, imágenes, precioso texto, música, estación .. ✨

    Curtir

      1. Querido Fernando .. hay momentos en la vida para inspeccionar, otros en cambio saltan y estallan frente a nosotros como maravillosas tormentas .. te imagino escribiendo en el café, trayendo al paladar de la visión lo que ha quedado retenido, el pasado al presente, la ilusión al presente, la desilusión también al presente .. la vida cambia en un instante, amigo mío. Piensa que hacía atrás no saltan las lágrimas. Todo aflora en este instante. Emoción, desorden, locura, razón .. la vida está en la vida .. en todas esas contraposiciones .. un abrazo muy grande para ti siempre. ✨

        Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s